Programa Rádio Mulher

Produzido e apresentado pelo Centro das Mulheres do Cabo, o PROGRAMA RÁDIO MULHER, foi inicialmente veiculado no município de Palmares, na Zona da Mata Sul, de Pernambuco. Em 1997, para dar enfrentamento ao machismo e ao patriarcado, que reforçam as desigualdades nas relações de gênero.

O programa é um espaço para fortalecimento da fala pública das mulheres com difusão de informação sobre os temas ligados a gênero, raça, direitos reprodutivos e direitos sexuais. Bem como, a valorização das tradições culturais e controle social das políticas públicas.

Surge como uma ferramenta de apoio à luta das mulheres pela cidadania e a aproximação entre o feminismo, o movimento de mulheres e a sociedade local, e também como espaço de denúncia das violações dos Diretos Humanos de crianças, adolescentes, jovens e das mulheres.

O programa Rádio Mulher é veiculado no Cabo de Santo Agostinho, desde 2005 e vai ao ar de segunda a sexta-feira, das 8h às 9h, pela da Rádio Comunitária Calheta FM 98.5, com a seguinte programação:

Segunda e terça – programa direcionado aos temas de direitos da mulher, saúde e cidadania feminina.

Quartas- é voltado às comunidades do município, priorizando a organização comunitária, a fala pública das lideranças, em especial das mulheres sobre o enfrentamento à violência doméstica.

Quintas - o tema central da programação versa sobre as questões de gênero, enfrentamento ao racismo, resgate do papel da mulher negra na história e a valorização da cultura afro-brasileira e religiões de matriz africana.

Sextas – programação enfatiza temas como: comunicação como direito humano das mulheres, pautas do movimento feminista, Lei Maria da Penha, e assuntos da conjuntura política ( local, regional, nacional e internacional) com recorte de gênero.