EnglishGermanItalianPortugueseSpanish

Campanha de Solidariedade do Centro das Mulheres firma nova parceria

Publicado por: em 30/08/2020
Categorias: Notícias

A campanha de solidariedade do Centro das Mulheres do Cabo (CMC) para atender as famílias afetadas pela pandemia do novo coronavírus ganhou nova adesão. A parceria foi firmada com a JBS, uma das maiores empresas alimentícias do mundo, que doou 800 cartões alimentação, 350 filtros de água e 400 vales-gás. As doações atenderam mulheres de oito municípios da Região Estratégica de Suape. No Cabo de Santo Agostinho, 14 comunidades foram beneficiadas nesta etapa da campanha, em desenvolvimento desde abril. Ao todo, a ação atendeu mais mil famílias.

Para Izabel Santos, da equipe de coordenação do CMC, a nova adesão veio em boa hora. “Apesar dos números apontarem queda ou estabilidade nos casos e mortes por coronavírus em Pernambuco, as dificuldades financeiras, a fome e o desemprego persistem entre os mais pobres, principalmente as mulheres negras, periféricas e chefes de família”, afirmou.

As mulheres beneficiadas com a nova parceria, segundo Izabel, participam dos projetos e ações desenvolvidos pelo CMC, no Cabo de Santo Agostinho, e nos municípios que compõem o Comitê de Monitoramento da Violência e Feminicídio no Território Estratégico de Suape (Comfem). Além do Cabo, integram o comitê os municípios de Ipojuca, Jaboatão dos Guararapes e  Moreno, na Região Metropolitana do Recife, Escada, Ribeirão, Sirinhaém e Rio Formoso, na Mata Sul.

Uma das beneficiadas foi Josélia Flor da Silva, 33 anos, moradora do Engenho Mercês, no Cabo. Ela é mãe de uma criança cadastrada há cinco anos no Sistema de Vínculos Solidários, uma ação do Projeto Raízes Vivas do CMC, realizado com crianças e adolescentes das comunidades do Cabo e Ipojuca, em parceria com Actionaid/Brasil. “Sou muito grata com a doação desse cartão e também fiquei feliz com a entrega desse filtro, pois nossa comunidade sofre muito com a falta de água”, revelou a dona de casa.

A adesão da JBS à campanha de solidariedade possibilitou atender um dos grupos mais vulneráveis da sociedade: mulheres trans e lgbts do distrito de Jussaral, no Cabo. Leona Santos, 27 anos, está entre as dez pessoas contempladas. “Eu agradeço muito esse cartão que foi doado para nós, porque somos muito esquecidas. Essa ajuda chegou numa boa hora. Meu muito obrigada!”, agradeceu Leona, que é uma das lideranças das mulheres trans na comunidade.

Além dos cartões alimentação, dos filtros e dos vales-gás, essa nova ação da campanha de solidariedade distribuiu cartilhas sobre a Lei Maria da Penha e sobre violência sexual contra crianças e adolescentes e máscaras de proteção. Cada mulher beneficiada recebeu as duas cartinhas e três máscaras. “Ao entregar o material, orientamos as mulheres sobre os tipos de violência que elas podem sofrer e como procurar ajuda”, disse Izabel, lembrando que os índices de violência contra a mulher, crianças e adolescentes aumentou durante a pandemia por conta de uma convivência com os agressores e a dificuldade de denunciar.

A valorização do comércio local foi uma das preocupações da ação. As máscaras, por exemplo, foram adquiridas de uma cooperativa de mulheres do Cabo; os filtros comprados de um artesão cabense e os vales-gás negociados com pequenos fornecedores da Charneca e de Gaibu.

Foto de Marcelo Ferreira.

Skip to content